Como acelerar de modo efetivo a sua recolocação profissional

Como acelerar de modo efetivo a sua recolocação profissional

O período de recolocação profissional apresenta uma série de desafios e, para muita gente, pode demorar mais do que seria desejável. Afinal, ficar 3, 4 meses sem uma posição pode ser frustrante emocionalmente, além de danoso para as suas finanças. Mas não precisa ser assim.

Seguindo alguns passos simples e se preparando de maneira adequada, é possível agilizar a sua recolocação profissional e voltar a trabalhar o mais rápido possível. Quer saber como fazer isso? Então siga a leitura!

Pense no que você quer na sua recolocação profissional

Uma das razões que faz com que leve tempo para um profissional encontrar sua recolocação no mercado é que, em muitos casos, ele não sabe exatamente o que busca.

Uma vez sem emprego, o profissional tem basicamente quatro opções:

  • voltar a uma posição menor;
  • buscar uma posição igual;
  • tentar uma posição superior;
  • mudar de carreira.

A primeira opção não é muito recomendada e deve ser tentada apenas em último caso. Já as outras costumam ser as mais buscadas, mas é preciso saber qual seu objetivo de vida, em que empresa quer trabalhar e qual seu próximo passo.

Afinal, você acredita que deve tentar uma vaga igual a que tinha antes ou tentar uma posição acima da sua? Se a ideia é tentar subir um degrau, o que você precisa para isso? Alguma formação ou especialização que você possa fazer enquanto busca por uma oportunidade?

Prepare o seu currículo adequadamente para a busca por vagas

Quando souber o que você quer, o segundo passo é preparar o seu currículo para essa posição. O currículo é a peça essencial na busca por recolocação profissional, mas é, ao mesmo tempo, muito incompreendido. Muitas pessoas acreditam que o currículo faz todo o trabalho, mas a verdade é que ele é apenas uma apresentação sua e do seu histórico.

A ideia é comunicar de maneira simples onde você estudou e qual sua experiência profissional. Por isso, o recomendado é fazer um documento simples e direto ao ponto. Por exemplo, suponha que você tenha trabalhado 5 anos como diretor de arte em uma agência de publicidade e busque por uma recolocação profissional no mesmo cargo.

Não faz muito sentido colocar no currículo o tempo de estagiário em uma agência ou o trabalho como atendente de uma lanchonete quando jovem, por exemplo.

Faça networking com conhecidos e headhunters

Uma maneira de conseguir saber das principais vagas e receber indicações é investir no networking. Esse é o tipo de coisa que você gostaria de ter começado mais cedo, mas sempre há a chance de iniciar.

Peça indicações de conhecidos, vá em eventos e, se possível, se apresente para headhunters, conte suas habilidades e busque saber se há posições para um profissional como você no mercado.

Prepare-se adequadamente para as entrevistas que fizer

Quando conseguir as primeiras entrevistas de emprego, foque-se em se preparar para elas. Isso não significa decorar respostas, mas sim entender o que o recrutador espera de você.

Basicamente, apresente-se, mostre suas habilidades interpessoais e sua personalidade, além de transmitir como você se encaixa nos valores daquela empresa e de que forma pode contribuir com aquela equipe.

Seguindo essas dicas, não vai demorar para você completar a sua recolocação profissional e, logo, dará prosseguimento ao desenvolvimento da sua carreira.

Se você gostou desse artigo e quer conferir mais dicas de como acelerar sua recolocação profissional, curta nossa página no Facebook para acessar o material que postamos por lá!

Adicionar um comentário


Cadastre-se na Newsletter
X

Receba nossos conteúdos por e-mail.
Clique aqui para se cadastrar.